NOVA ALIANÇA – Jeremias 31.31-34

Prezados irmãos e leitores,

Vivemos uma Nova Aliança, selada com o Sangue de Jesus, o mais valioso líquido derramado na cruz, para a lavagem dos pecados de todos que se arrependerem deles e receberem a Cristo como seu Salvador pessoal e Senhor. Essa “Nova Aliança”, é feita com a unção e a direção do Espírito Santo, que, em comunhão com o nosso espírito, intercede por nós com gemidos inexprimíveis ( Rm 8.26) e também nos assiste em nossas fraquezas. O Espírito Santo, intercede por nós, segundo a vontade de Deus. E sabemos que, a vontade de Deus é sempre o melhor para Seus filhos.

Hoje, teremos a celebração da CEIA DO SENHOR, com a  participação coletiva de todos os batizados e contritos de coração, que esse momento é um dos mais importantes na vida do crente e da igreja. No texto bíblico básico para esta meditação, encontramos o profeta Jeremias dizendo que o Senhor fará uma nova aliança com a comunidade de Israel e com a comunidade de Judá. Isso porque a antiga aliança estabelecida entre Deus e o povo de Israel fora violada por causa da desobediência do povo. Já no Monte Sinai, enquanto Moisés recebia a lei da antiga aliança, o povo se corrompeu e forjou um bezerro de ouro para adorar.

No devocionário Pão Diário de 12.03.11, há um comentário muito bom sobre o assunto, que transcrevemos abaixo: “Aquela aliança foi escrita em tábuas de pedra, mas a nova aliança seria escrita no íntimo das pessoas, no coração. Tanto isto é verdade que o apóstolo Paulo, escrevendo aos coríntios, disse: Vocês demonstram que são uma carta de Cristo, resultado do nosso ministério, escrita, não com tinta, mas com o Espírito do Deus vivo, não em tábuas de pedra, mas em tábuas de corações humanos… Ele nos capacitou para sermos ministros de uma nova aliança, não da letra, mas do Espírito; pois a letra mata, mas o Espírito vivifica” (2 Co 3.3-6).

Na antiga aliança, o povo precisava praticar mecanicamente suas regras. Na nova, contudo, o Espírito Santo, autor da lei, vem habitar dentro do coração humano, fazendo da própria pessoa o santuário de Deus.

Jesus explicou isso assim: “ Se alguém me ama, guardará (obedecerá) a minha Palavra. Meu Pai o amará e viremos para ele e faremos nele morada (João 14.23). E o apóstolo Paulo escreveu também: “Acaso não sabeis que o vosso corpo é santuário  do Espírito e que não sois de vós mesmos”? (1 Co 6.19).

Desta forma, quem creu no Evangelho e já recebeu Jesus Cristo como Senhor, estando em sintonia com Deus e deixando-o guiar plenamente sua vida, tem a nova aliança gravada no coração e vive naturalmente como Deus quer em vez de só obedecer a mandamentos com esforço. A nova aliança de Deus difere da antiga como um filho difere de um escravo, porque ela foi selada com o precioso Sangue de Jesus, enquanto a antiga foi escrita em taboas de pedra.

Nossa obediência a Deus, na Nova Aliança, é por amor. Só a cumprimos fielmente, se amarmos de todo o nosso coração, ao Senhor. Ninguém pode dar o que não tem. Se eu não tiver amor em meu coração, jamais obedecerei a alguém. Sendo assim, que o nosso amor por Cristo seja a cada dia mais aumentado e aperfeiçoado, para que também amemos o nosso irmão e o nosso próximo.

Firmados na NOVA ALIANÇA, esqueçamos o que ficou para trás e prossigamos firmes, olhando para Cristo o autor e Consumador dos séculos e o alvo de todo o nosso viver. A ele, pois, a glória, a honra e o louvor, hoje e para todo sempre!

Com sinceros votos e uma comunhão perfeita, com Deus e com os irmãos, este servo de Cristo e conservo seu. Clóvis.

 

Copyright © 2014 Igreja Batista do Calvário . Todos os direitos reservados. Site desenvolvido por Flavio Paiva com Design de Rafael Timo